quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Memories of September


desnuda, trépida e lilás.
aos olhos dele. 
aos meus,
serena e inocente.
ela tinha nome de ramalhete,
mas de flor só tinha o sorriso
que avolumava qualquer primavera,
teimosa sem dono.
parecia ter medo de gente.
mas não teve de mim.
talvez tivesse pensado
que eu fosse o seu jardim.




3 comentários:

Lú (Simples assim) disse...

Há quem sempre encontre um jardim em nós. Linda inspiração.
Abços.

Lú (Simples assim) disse...

Há quem sempre encontre um jardim em nós. Linda inspiração.
abços..

Gislene disse...

Você sabe o que é o Amor Insuperável?
Espero você em meu blog, amiga!

Beijo e uma linda semana!

Gi.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...